segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Put the blame on...women

A facilidade com as meninas escrevem sobre seus sentimentos em blogs ou diários é inacreditável, até pra mim, que faço parte dessa incrível massa de meninas escritoras.
O fato é que, estive pensando...Nós, pelo menos a maioria, só conseguimos escrever sobre nossos sentimentos quando terminamos um namoro ou não estamos sendo correspondidas. Poucas vezes vi, olhei e li textos que falassem de um relacionamento que estive agradável, onde tudo estivesse perfeito. Nunca vejo declarações aos reais namorados, aos amores reais.
Gostamos muito é de utopia, de sonhar, de imaginar e de criar histórias e quando acordamos para realidade, ficamos perplexas e extremamente machucadas. Mas nós somos as maiores culpadas desses sentimentos que nos corroem a alma.
Eu mesma...Escrevia muitos textos lindos de amor, quando eu estava apaixonada por algum menino e não sabia se ele sentia o mesmo, fantasiava e escrevia sobre isso, colocava meus sentimentos pra fora, ou então, quando tinha uma desilusão escrevia tudo, aos prantos e com muita raiva. Mas e agora, que namoro há quase 2 anos e estou no meu auge de felicidade, com TODAS as minhas utopias amorosas realizadas, não escreve nem um textinho sequer a meu namorado, NADA, nem um frase para lembrá-lo.
É claro que entre a gente trocamos declarações, é fato que em meu diário só escrevo sobre ele, e é obvio também que NÃO TEM GRAÇA escrever quando está tudo dando certo demais, ninguém quer ler textos verídicos de uma paixão que deu certo, é algo tão sem sal e tão sem emoção.
Isso me destrói, saber que criamos centenas de blogs e nos primeiros 6 meses somos quase que uma Clarice Lispector de tão poetisas,mas que depois, quando a maré está a nosso favor, abandonamos a ficção pela realidade e suas emoções.
E quando dizem "MULHERES NUNCA ESTÃO SATISFEITAS", falam a maior verdade. E se um dia pararmos com nossa complexidade,que graça terá?
PENSEM, REFLITAM...Chorem menos,lamentem menos, dramatizem menos, por mais que seja tentador fazê-los.

5 comentários:

Keith Pappen disse...

Eu já escrevi sobre essa dor de amar e não ser correspondida, mas isso faz uns quase três anos. Hoje escrevo sobre o amor e o quanto é amar e ser amada. Considero isso meu diferencial.
Acho que tu deveria escrever textos de amor, pois escreves muito bem. Beijão <3

www.detalhesamor.blogspot.com

Sweet Girl Dreams disse...

Também concordo, acho que mulher até que gosta de sofrer um pouquinho hahahahahhha nunca escrevem como é bom ser livre solteira e não estar nem ai para aquele cara idiota que não te dá bola.

Beijo,
sweetgirldreams.blogspot.com

Fernanda disse...

Ahhh eu tb estava com saudade do seu blog! Que bom que comentou e pude te achar novamente! Agora estou seguindo e não te perco mais...

bjs!

Brenna Araújo (Saladadefrutasbr) disse...

Na verdade eu não gosto de ler textos e nem de escrever kkkkkkk, Os unicos textos que eu realmente gosto é da Estefanni (Aos dezesseis anos), que ela fala realmente sobre a vida dela e não fica de ''nheim, nheim, nheim'' que eu não entendo nada.

saladadefrutasbr.blogspot.com

Isabela Godoy disse...

Concordo totalmente com você! Particularmente não curto muitos textos em blogs, só leio alguns, mas acho incrível como algumas meninas, principalmente, conseguem transmitir nossos sentimentos através de palavras.

Beijos,
www.deliriosdegarota.com